Categorias
Política

Veja quais são os pontos de vacinação contra Covid-19 neste fim de semana

A Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró realiza neste sábado e domingo, dias 26 e 27, respectivamente, mais uma edição da campanha Mossoró Vacina. O município ampliou hoje a vacinação para pessoas com 46 anos ou mais sem comorbidades, além de continuar vacinando os grupos prioritários já anunciados, conforme o Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde.

A vacinação acontecerá no Ginásio do Sesi, no sábado, e em 10 unidades básicas de saúde, no sábado e domingo. Todos os pontos de vacinação estarão abertos das 8h às 16h.

As pessoas sem comorbidades deverão apresentar originais e cópias de documento oficial com foto e comprovante de residência. Já quem faz parte de algum grupo prioritário deve apresentar documento comprobatório de acordo com o grupo que a mesma faz parte. Por exemplo, professores devem apresentar declaração da instituição de ensino.

Mossoró recebeu nesta nessa sexta-feira (25), 10.510 doses de quatro tipos de vacinas (Coronavac, Astrazeneca, Janssen e Pfizer). Desse total,  1.220 são para D2 (segunda dose) e o restante será destinada para D1 (primeira dose).

Pontos de vacinação (dias 26 e 27/06):

UBS Vereador Durval Costa (Walfredo Gurgel)
UBS Raimundo Renê Dantas (Boa Vista)
UBS Dr. Joaquim Saldanha (Estrada da Raiz)
UBS Dr. Cid Salém Duarte (Abolição IV)
UBS Dr. Sueldo Câmara (Aeroporto II – Quixabeirinha)
UBS Francisco Pereira de Azevedo (Liberdade I)
UBS Agnaldo Pereira (Vingt Rosado)
UBS Dr. José Fernandes de Melo (Lagoa do Mato)
UBS Enfermeira Conchita da Escóssia (Abolição II)
UBS Centro Clínico Evangélico Edgard Bulamarqui (Centro)
Ginásio do Sesi (somente no sábado)

Categorias
Política

MPF vai investigar retirada de outdoor contra Bolsonaro por parte do Dnit

O Ministério Público Federal (MPF) abriu um procedimento para investigar a derrubada de um outdoor instalado às margens da BR-405, em Pau dos Ferros, no Rio Grande do Norte. O painel publicitário trazia críticas ao presidente da República, Jair Bolsonaro – que visitou obras na região nesta quinta-feira (24) -, e teria sido derrubado por uma equipe do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit/RN) na véspera.

De acordo com as informações que suscitaram a abertura do procedimento, a derrubada ocorreu por parte de técnicos do departamento que, para isso, se deslocaram de Natal até Pau dos Ferros, uma distância de aproximadamente 400 km. Em uma das reportagens publicadas na imprensa, foi apresentado um suposto ofício da Superintendência Regional do Dnit no RN, datado de 23 de junho, ordenando a retirada de “peças de publicidade fixadas, sem prévia autorização, na faixa de domínio da Rodovia BR-405”, especificamente entre os quilômetros 149 e 157.

“Não há explicação sobre as razões para a escolha do trecho em referência, com exclusão de outras áreas de faixa de domínio da BR-405 no Rio Grande do Norte que podem conter publicidades também supostamente irregulares”, aponta o despacho de instauração do procedimento no MPF.

Chamou a atenção do Ministério Público Federal, ainda, o fato de o pedido incluído no ofício ter sido cumprido na mesma data de sua emissão e de outro outdoor, a aproximadamente 50 metros do que foi derrubado – e que traz mensagem de apoio ao presidente da República – supostamente ter sido mantido no local.

Prevaricação

O procedimento irá investigar a ocorrência, ou não, de atos que configurem o crime de prevaricação, previsto no artigo 319 do Código Penal, ou ato de improbidade administrativa que atenta contra princípios da administração pública, descrito no art. 11 da Lei n. 8.429/1992.

Um ofício será encaminhado ao Dnit, requisitando informações como as razões para a escolha do trecho da BR-405 e da data; os motivos pelos quais a fiscalização não teria abrangido toda a extensão da faixa de domínio da rodovia; o porquê da possível urgência na realização da fiscalização, ou se já estava incluída em algum cronograma previamente organizado; além de esclarecimento sobre quantos e quais agentes públicos ou contratados atuaram na fiscalização, incluindo os custos correspondentes.

O MPF vai requerer também a relação dos painéis de publicidade removidos e dos que permaneceram no local, com a íntegra dos procedimentos de “aplicação de multas ou outras sanções (no caso dos painéis irregulares) e dos procedimentos de concessão de autorizações (no caso dos painéis regulares) eventualmente instaurados”.

Documento assinado por Daniel de Almeida manda remover outdoor
Foto: web

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

No RN, Bolsonaro enaltece obras, ataca imprensa e defende voto impresso

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cumpriu agenda hoje em dois municípios potiguares: Jucurutu, no Seridó, e Pau dos Ferros, no Alto Oeste.

Sem máscara, Bolsonaro desembarcou na cidade de Mossoró por volta de 9h15, onde teve uma rápida passagem.

Cumprimentou apoiadores que o aguardavam no Aeroporto Dix-sept Rosado.

Logo após, pegou voo para Jucurutu, onde assinou a liberação de R$ 38,2 milhões para conclusão da Barragem de Oiticica. “Isso vale vidas e o futuro de uma geração” disse.

Depois, foi para Pau dos Ferros e anunciou o início da construção do Ramalho do Apodi.

Voto impresso

“Tenho certeza que, se passar pelo Congresso, nós teremos voto impresso no ano que vem. Queremos que as pessoas, ao votarem, tenham a certeza de quem votou”, disse.

Ataques à imprensa

“Eu não tenho que responder perguntas de muitos idiotas que o tempo todo só veem defeitos na gente. Não estou livre de errar, mas tenho humildade suficiente para dizer quando isso acontece”, disse Bolsonaro em Jucurutu.

Vacinas Covaxin

Bolsonaro negou ainda atos de corrupção em relação à compra das vacinas Covaxin. “Não recebemos uma dose sequer dessa que entrou na ordem do dia da imprensa ontem. Nós temos o compromisso de que, se estiver errado, apuraremos”, disse o presidente.

A compra da Covaxin se tornou o principal tema da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) desta semana, por suspeitas de superfaturamento e irregularidades na compra.

A comitiva presidencial contava com os ministros do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e Fábio Faria, das Comunicações. Também o General Heleno.

Dos deputados federais potiguares, estavam presentes, Carla Dickson (Pros), Beto Rosado (Progressistas), João Maia (PL), Benes Leocádio (Republicanos) e General Girão (PSL).

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

Senado proíbe novos despejos na pandemia

O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (23) o projeto de lei que impede despejos, desapropriações ou remoções forçadas de pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade social, do campo e da cidade, durante a pandemia da Covid-19.

A proposta foi apresentada pelos deputados federais Natália Bonavides (PT/RN), André Janones (AVANTE/MG) e Rosa Neide (PT/MT).

O projeto foi aprovado com alterações. A emenda aprovada, com o apoio da bancada ruralista, solicita que o projeto exclua da abrangência a suspensão dos despejos em áreas rurais. Deste modo, o PL 827/20 voltará à Câmara Federal, onde passará por novos debates e votação referentes a esta parte específica.

Despejo sumário

Já em relação ao despejo sumário, o projeto suspende os despejos em contratos de aluguel no valor inferior a R$ 600 (residencial) e R$ 1.200 (não residencial).

“A proposta não acaba com dívidas de aluguéis atrasados. Ela apenas impede o despejo sumário por falta de pagamento de aluguéis durante o período emergencial. Tudo o que é devido em contrato poderá ser cobrado e executado oportunamente”, esclareceu o relator da proposta, senador Jean (PT).

A iniciativa brasileira seguiu medidas semelhantes feitas por vários países. Nos Estados Unidos, dez grandes cidades do país, incluindo Nova York, Los Angeles, Seattle e São Francisco proibiram despejos de pessoas que não estavam podendo pagar seus aluguéis durante a pandemia.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

Outdoor com críticas a Bolsonaro é destruído em Pau dos Ferros

Um outdoor com críticas à gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi completamente destruído.

“Cemitérios cheios, geladeiras vazias”, dizia o painel, feito por um grupo de entidades sindicais.

O outdoor foi colocado à tarde de ontem (23) e retirado no início da noite do mesmo dia.

Segundo os organizadores, a destruição foi feita pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit), que alegou “ocupação irregular”.

Bolsonaro no RN

Bolsonaro cumpre agenda hoje no RN, nos municípios de Pau dos Ferros e Jucurutu. O desembarque está previsto para às 9h30, em Mossoró, onde terá rápida passagem, com duração prevista em 15 minutos.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

RN recebe hoje 113.370 doses de vacinas

O Rio Grande do Norte recebe hoje um novo lote de vacinas contra Covid-19.

Serão 113.370 doses. Dessas. 52.800 são CoronaVac, 36.270 da Pfizer e 24.300 da Janssen.

A nova remessa vai possibilitar aos municípios potiguares a ampliação da faixa etária de vacinação.

A informação de chegada de vacinas é da governadora Fátima Bezerra.

Confira:

Categorias
Política

Senado aprova destaque de Zenaide que evita aumento de alíquota para agências de fomento

Com destaque da senadora Zenaide Maia (Pros-RN), o Senado aprovou o PLV 12/2021, que trata do aumento da alíquota da Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL), de 20% para 25%, para as instituições financeiras.

A senadora apresentou emenda ao texto do projeto para que as agências de fomento e bancos de desenvolvimento ficassem de fora do reajuste, evitando, assim, prejuízo aos micros e pequenos empresários que procuram crédito nessas instituições.

“Sou a favor de taxar os lucros do sistema financeiro, mas, no caso das agências de fomento e dos bancos de desenvolvimento regional, quem pagaria a conta do aumento da CSLL seriam as micro e pequenas empresas. Por isso, apresentei emenda e, como ela não foi aceita, defendi destaque para a votação em separado. Felizmente, a maioria dos senadores concordou que isso não era justo com quem é responsável por 70% dos empregos em nosso país!”, comemorou a parlamentar.

O destaque defendido por Zenaide foi aprovado por 39 votos a favor e 29 contra, na sessão do Senado desta terça-feira, 22. O texto do PLV 12, originado da Medida Provisória 1.034/2021, volta para votação final na Câmara dos Deputados.

Siga-nos no Instagram.

conjtatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

Deputados autorizam retomada da CPI da Arena das Dunas

Por unanimidade, a Assembleia Legislativa aprovou a retomada dos trabalhos da CPI da Arena das Dunas, que havia sido suspensa em junho do ano passado. Presidente da Comissão, o deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) lembrou que foi contra “a interrupção e é importante o reinício da CPI”.

Com a aprovação do retorno da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), Coronel Azevedo sugeriu marcar uma reunião de reinício dos trabalhos. “Vamos precisar definir, em eleição, o novo relator da Comissão além de solicitar servidores para assessorar a CPI da Arena”, declarou.

Durante a sessão ordinária desta quarta-feira (23), também foi aprovada a mudança de dois membros da Comissão: Sandro Pimentel (PSOL), que era o relator, teve o mandato cassado, e Allyson Bezerra (Solidariedade) foi eleito prefeito de Mossoró.

Diante disso, os substitutos serão os deputados Kleber Rodrigues (PL) e Subtenente Eliabe (Solidariedade).

A comissão deve investigar contratos do Governo do Estado com a Arena das Dunas, firmados em 2011, ainda no governo Rosalba Ciarlini.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

Vereador quer regulamentar uso de sobras de vacinas em Mossoró

Na sessão ordinária dessa quarta-feira, 23, o vereador Francisco Carlos (PP) apresentou um Projeto de Lei para regulamentar o uso de vacinas contra a Covid-19 que sobram e não podem ser guardadas para o dia seguinte.

Natal e São Paulo aprovaram recentemente leis que fazem essa regularização.

O objetivo do vereador é evitar o desperdício das possíveis sobras e também de se criar uma lista justa para que todos que não fazem parte do grupo prioritário possam participar.

“São Paulo e agora recentemente Natal aprovaram leis nesse sentido. É a chamada fila da xepa”, explicou.

O Projeto de Lei deve entrar na pauta das sessões nos próximos dias.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

Novo decreto libera reabertura de diversos setores e prevê retomada de eventos

O Governo do Estado prorrogou até o dia 7 de julho o atual decreto estadual de combate à pandemia.

Permanece proibida a realização de festejos juninos, incluindo o acendimento de fogueiras e fogos de artifício, de modo a diminuir as ocorrências de queimaduras e de síndromes respiratórias nos serviços de saúde públicos e privados.

O documento reduz o toque de recolher, que passa a ser de 23h às 5h, todos os dias da semana.

As novas regras, baseadas na redução na ocupação dos leitos e avanço da vacinação, estão no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (23).

No novo decreto, há ainda o cronograma de retomada gradual de eventos, dividido em cinco fases:

Em caso de eventos corporativos, técnicos, científicos e convenções, além de reaberturas de museus, circos, teatros, cinemas, parque de diversões e afins:

I – Fase 01: a partir de 25 de junho de 2021, observada a ocupação máxima de 20% (vinte por cento) da capacidade do local, limitada à frequência máxima simultânea de 150 (cento e cinquenta) pessoas;

II – Fase 02: a partir de 09 de julho 2021, observada a ocupação máxima de 40% (quarenta por cento) da capacidade do local, limitada à frequência máxima simultânea de 300 (trezentas) pessoas;

III – Fase 03: a partir de 23 de julho de 2021, observada a ocupação máxima de 60% (sessenta por cento) da capacidade do local, limitada à frequência máxima simultânea de 450 (quatrocentos e cinquenta) pessoas;

IV – Fase 04: a partir de 06 de agosto de 2021, observada a ocupação máxima de 80% (oitenta por cento) da capacidade do local, limitada à frequência máxima simultânea de 600 (seiscentas) pessoas;

V – Fase 05: a partir de 20 de agosto, permitida a ocupação de 100% da capacidade do local.

Calendário de retomada de eventos de massa, sociais, recreativos e similares:

I – Fase 01: a partir de 23 julho de 2021, observada a ocupação máxima de 20% (vinte por cento) da capacidade do local, limitada à frequência máxima simultânea de 150 (cento e cinquenta) pessoas;

II – Fase 02: a partir de 06 de agosto 2021, observada a ocupação máxima de 40% (quarenta por cento) da capacidade do local, limitada à frequência máxima simultânea de 300 (trezentas) pessoas;

III – Fase 03: a partir de 20 de agosto de 2021, observada a ocupação máxima de 60% (sessenta por cento) da capacidade do local, limitada à frequência máxima simultânea de 450 (quatrocentos e cinquenta) pessoas;

IV – Fase 04: a partir de 03 de setembro de 2021, observada a ocupação máxima de 80% (oitenta por cento) da capacidade do local, limitada à frequência máxima simultânea de 600 (seiscentas) pessoas;

V – Fase 05: a partir de 17 de setembro de 2021, permitida a ocupação de 100% da capacidade do local.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com