Categorias
Política

Blog Carlos Santos no PodFalar desta quarta-feira

Quem estará no podcast PodFalar, da Super TV, nesta quarta-feira (10) é o jornalista Carlos Santos, do Blog Carlos Santos.

Na pauta, conversa descontraída sobre eleições 2022. Disputa ao governo, Senado, Presidência, Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa.

Também avaliação de governos.

O PodFalar vai ao ar sempre as quartas-feiras, às 20h, na Super TV – canal 14.1 da tv aberta em Mossoró e 173 da Brisanet, além de todas as redes sociais da emissora.

O programa é apresentado pelo jornalista Saulo Vale e pelo advogado Jailton Magalhães.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

Rápidas ponderações sobre o debate entre os candidatos ao governo

A Band Natal realizou neste domingo (7) o primeiro debate entre os candidatos a governador.

Cinco postulantes estavam presentes no debate muito bem mediado pela jornalista Anna Ruth Dantas.

Gostei do formato de ser candidato pergunta para candidato em todos os blocos.

Fátima 

A governadora Fátima Bezerra (PT), candidata à reeleição, foi o principal alvo dos oponentes.

Natural.

Além de ser a chefe do Executivo, lidera todas as pesquisas de intenção de voto.

No geral, se saiu bem, para quem foi vitrine. Houve dificuldade em algumas respostas, especialmente sobre Educação,  área em que o RN possui índices bastante negativos.

O debate não lhe trouxe problemas a sua campanha à reeleição.

Styvenson 

Styvenson Valentim (Podemos) errou feio ao falar sobre a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern).

Demonstrou total desconhecimento do maior patrimônio do nosso estado. Disse que é “mal utilizada”, mas não explicou em quê. Falou também em cursos de Engenharia da instituição.

Detalhe, a Uern nunca teve curso de Engenharia em nenhum de seus campi.

Usou bem a estratégia de cutucar Fátima sobre Segurança Pública.

Ao ser questionado por Fátima sobre violência contra a mulher, Styvenson, sem ser acusado de nada pela petista, disse que já tinha pedido desculpas e que não tem histórico algum de violência contra a mulher.

Em julho de 2021, ele foi denunciado pela deputada paulista Joyce Hasselmann após ter insinuado que a parlamentar teria usado drogas ilícitas num momento em que ela relatou ter sofrido agressão física por motivos políticos. O caso foi arquivado.

Fábio Dantas

Teve que lidar com sua pedra no sapato o tempo todo, o ex-governador Robinson Faria (PL), de quem foi vice.

Fábio voltou a falar que não foi vice do governo Robinson, mas foi vice-governador do Estado do Rio Grande do Norte.

Apesar de ser o candidato de Rogério Marinho (PL) e Girão (PL), não citou Bolsonaro (PL) em suas falas.

Fez duras críticas ao governo Fátima, o que é natural de alguém que tenta ser o principal candidato de oposição.

Em determinados momentos, ele e Styvenson pareciam em clima de grandes amigos.

Clorisa Linhares

Foi a que mais falou em Bolsonaro. Deixou claro que é cristã, conservadora, defendeu “investimentos na iniciativa privada” (essa parte ficou confusa).

Em determinados momentos, parecia mais confusa ainda em alguns números.

Melhorou a desenvoltura, se comparada a entrevistas.

Terminou rezando um Pai Nosso.

Danniel Morais 

Para quem esperava que ele passasse pano para Fátima, se enganou. O candidato do PSOL teceu críticas indigestas ao governo.

Esquentou o debate ao falar sobre o contrato milionário com o consórcio Arena das Dunas e o enterro absurdo da CPI que ia investigá-la.

No mais, foi um debate dentro do ‘script’. Não há grandes vencedores ou grandes perdedores.

A ausência de propostas foi marcante, mas também não se pode exigir que um tema seja exaustivamente debatido em pouco mais de duas horas de debate.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

RN tem nove candidatos ao governo

Terminado o período da convenções partidárias, já é possível saber quem são os candidatos ao Governo do Rio Grande do Norte.

No total, nove nome foram homologados na disputa ao Executivo estadual.

Vamos lá.

  1. Américo Bento (PRTB) – vice Jurandir Rosa (PRTB);
  2. Clorisa Linhares (PMB) – não definiu ainda nome a vice;
  3. Danniel Morais (PSOL) – vice: Ronaldo Tavares (PSOL);
  4. Fábio Dantas (Solidariedade) – vice: Ivan Júnior (União Brasil;
  5. Fátima Bezerra (PT) – vice: Walter Alves (MDB);
  6. Nazareno Neris (PMN) – vice: Fernando Luiz (PMN);
  7. Rodrigo Vieira (Democracia Cristã) – vice: Carlos Paiva (Democracia Cristã);
  8. Rosália Fernandes (PSTU) – vice: Socorro Ribeiro (PSTU);
  9. Styvenson Valentim (Podemos) – vice: Francisca Henrique (Podemos).

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

Nicó Fernandes assume mandato interino na Câmara

O suplente Nicó Fernandes (Cidadania) assumiu o mandato como vereador, na manhã dessa sexta-feira, 05, após o pedido de licença, feito pelo vereador Gideon Ismaias (Cidadania), que vai se dedicar a sua campanha a deputado federal.

Na cerimônia de posse estiveram presentes o presidente da Câmara Lawrence Amorim (SD), os vereadores Lucas das Malhas (MDB), Wíginis do Gás (Podemos), Marckuty da Maisa (SD), Marrom Lanches (DC), além de apoiadores e autoridades.

Esta é a segunda vez que Nicó Fernandes assume interinamente uma cadeira no legislativo mossoroense. Em 2021, o então suplente assumiu a cadeira de Gideon Ismaias após uma licença para a realização de uma cirurgia. Inicialmente, a solicitação de afastamento do vereador Gideon terá um prazo de 31 dias, que pode ser renovado.

Siga-nos no Instagram.

contatosalovale@gmail.com

Categorias
Política

Styvenson confirma candidatura e anuncia vice e nome ao Senado

Do Blog Thaisa Galvão

O senador Styvenson Valentim será candidato a governador.

Foi o que ele anunciou na noite desta sexta-feira (5), na convenção do Podemos, na Escola Maria Ilka, em Felipe Camarão.

Styvenson confirmou sua candidatura e lançou a chapa completa, com a ex-candidata a prefeita de Parnamirim, Dona Francisca, como vice, e o médico Geraldo Pinho como candidato a senador.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

Câmara aprova projeto de Rafael Motta que endurece pena por furto de vacina

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 03, um conjunto de projetos que aumentam as penas para furtos realizados durante a vigência de estados de urgência e calamidade, incluindo o PL 1081/2021 do deputado federal Rafael Motta (PSB/RN), que trata especificamente da subtração de vacinas, insumos ou qualquer outro bem destinado ao enfrentamento de emergência de saúde pública.

“Infelizmente, oportunistas se aproveitaram do caos causado pela pandemia para furtar vacinas, medicamentos e equipamentos médicos, enquanto as pessoas morriam pela Covid-19 e os gestores públicos se desdobravam para dar atendimento médico adequado à população. Já observamos outras situações de saques em situações como enchentes e deslizamentos. Hoje, a Câmara endurece a lei para punir adequadamente esses crimes”, comemorou Rafael.

O substitutivo altera o Código Penal para prever uma qualificadora para o crime de furto, roubo e peculato cometido em ocasião de incêndio, naufrágio, inundação ou qualquer calamidade pública ou desastre, agregando cinco projetos de lei no mesmo sentido.

Com a mudança, a pena de furto nessas situações passará a reclusão de 2 a 8 anos e multa, o dobro da prevista para furto simples (reclusão de 1 a 4 anos e multa). Já a pena de roubo, atualmente com reclusão de 4 a 10 anos e multa, será aumentada em 2/3.

Também haverá aumento de pena quando o roubo ou furto for de bem, insumo ou equipamento médico, hospitalar, terapêutico, sanitário ou vacinal. Nesse caso, o aumento da pena será de 1/3 para furtos ou em dobro para roubos. Se esses bens ou insumos forem apropriados por funcionário público, ao cometer o crime de peculato, a pena será de reclusão, de 3 a 13 anos, além da multa.

A proposta segue para avaliação do Senado Federal.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

Câmara aprova projeto que viabiliza tecnologia 5G em Mossoró

A Câmara Municipal de Mossoró aprovou, por unanimidade, um projeto de lei que modifica a legislação municipal para que Mossoró possa receber a tecnologia 5G de internet.

A aprovação ocorreu na sessão ordinária desta quarta-feira, 03 de agosto. A tecnologia 5G permite uma maior rapidez na transmissão de dados via internet e nas telecomunicações.

A autoria do projeto é do vereador e presidente da Câmara Lawrence Amorim (SD), que comemorou a aprovação e destacou a importância da nova tecnologia para o desenvolvimento da cidade.

Agora, o projeto segue para a sanção do prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade).

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

Isolda e Jadson são mais citados para estadual; Beto e Lawrence, para federal

A pesquisa do Instituto Exatus Consultoria perguntou ainda aos eleitores do município de Mossoró, no Oeste potiguar, qual seria seu voto para a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN). De forma espontânea, ou seja, quando o eleitor pode citar qualquer candidato quando perguntado, o nome mais lembrado foi o da deputada estadual Isolda Dantas (PT), que obteve 31 citações, o equivalente a 3,88% das intenções de votos. Em segundo lugar, aparece o nome do Soldado Jadson (SDD), com 24 menções, ou 3%; seguido por Tony Fernandes (SDD), com 2,38%; Larissa Rosado (PSDB), com 2,13% e Jorge do Rosário (Avante), com 2%.

O Exatus também quis saber dos eleitores mossoroenses em quem eles pretendem votar para ocupar uma das oito vagas para a Câmara dos Deputados, de forma espontânea. O nome mais citado para deputado federal foi o de Beto Rosado (PP), que obteve 42 menções, o equivalente a 5,25% das intenções de votos. Em seguida, vem o nome de Lawrence Amorim (SDD), com 4,13%; Larissa Rosado (PSDB), com 2,88%; Pablo Aires (PSB), com 1,63% e Major Brilhante (PP), com 1,38% das citações.

O Instituto Exatus Consultoria e Pesquisa, em parceria com o jornal AGORA RN, entrevistou 800 eleitores em todo o município de Mossoró, entre os dias 29 e 30 de julho. A pesquisa foi registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) sob o número de identificação RN-03560/2022. Para o tamanho amostral determinado, os resultados foram avaliados com uma margem de erro de 3,4% para mais ou para menos, ao nível de confiança de 95%.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

Em Mossoró, Lula tem 41,25%, contra 30% de Bolsonaro

A pesquisa eleitoral feita pelo Instituto Exatus e divulgada pelo jornal AGORA RN quis saber qual candidato os eleitores de Mossoró escolheriam para ser o futuro presidente da República. Das 800 pessoas consultadas, 41,25% afirmaram votar em Luiz Inácio Lula da Silva (PT), contra 30% que responderam votar em Jair Messias Bolsonaro (PL)

O candidato do PDT, Ciro Gomes, surge em terceiro lugar, com 10,88% dos votos; Simone Tebet (MDB) vem em quarto lugar, com 0,75%; Felipe Dávila (Novo), surge com 0,25% e André Janones, com 0,13%. Já entre os eleitores que afirmaram votar ninguém/nulo/branco teve 11,13% e não souberam ou não responderam, 5,63%

O Instituto Exatus Consultoria e Pesquisa, em parceria com o jornal AGORA RN, entrevistou 800 eleitores em todo o município de Mossoró, entre os dias 29 e 30 de julho. A pesquisa foi registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) sob o número de identificação RN-03560/2022. Para o tamanho amostral determinado, os resultados foram avaliados com uma margem de erro de 3,4% para mais ou para menos, ao nível de confiança de 95%.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Categorias
Política

Em Mossoró, Carlos lidera com 16,63%, seguido por Rogério,13,75% e Rafael, 5,25%

O Instituto Exatus pesquisou a intenção de votos para o Senado Federal em Mossoró. Em todos os dois cenários projetados, o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) aparece como o mais citado pelos mossoroenses, em primeiro lugar. Na sondagem estimulada, ele tem 16,63% das intenções de votos, seguido por Rogério Marinho (PL), com 13,75% e, em terceiro lugar, o deputado federal Rafael Motta (PSB), com 5,25%.

Em quarto lugar, Dário Barbosa (PSTU) aparece com 1,25%, seguido pela veterinária Shirley Medeiros, com 0,38% e Freitas Júnior (Psol), com 0,13%. Entre os eleitores mossoroenses entrevistados, 33% responderam que votariam branco/nulo/ninguém e outros 29,63% optaram por não sabe/não responderam.

Já na sondagem espontânea, quando os eleitores citam o nome dos pré-candidatos que desejam votar, Carlos Eduardo aparece em primeiro lugar com 15,13% das intenções de votos, seguido por Rogério Marinho, com 13,75% e Rafael Motta vem logo em seguida, com 5,13%.

Dário Barbosa surge em quarto lugar, com 0,63% e Freitas Júnior, com 0,13%. Não souberam ou não responderam 36,38% dos eleitores consultados. Já 4,327,88% disseram que votariam branco/nulo/ninguém. E 0,5% dos consultados disseram que votariam em outros candidatos.

O Instituto Exatus Consultoria e Pesquisa, em parceria com o jornal AGORA RN, entrevistou 800 eleitores em todo o município de Mossoró, entre os dias 29 e 30 de julho. A pesquisa foi registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) sob o número de identificação RN-03560/2022. Para o tamanho amostral determinado, os resultados foram avaliados com uma margem de erro de 3,4% para mais ou para menos, ao nível de confiança de 95%.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com