politica 728x90

Médicos das UPAs voltam a ameaçar paralisação

Os médicos das três Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Mossoró voltaram a ameaçar paralisar às atividades a partir da próxima sexta-feira (2), caso a Prefeitura de Mossoró não realize o pagamento dos repasses em atraso.

A decisão foi tomada em assembleia, realizada nesta terça-feira (27), com profissionais da Sama, cooperativa médica que atua nas UPAs. A categoria reivindica o pagamento atrasado do mês de novembro de 2017, de R$ 400 mil, mais uma parcela de acordo judicial, de R$ 170 mil.

A dívida total, de novembro de 2017 a fevereiro de 2018, é de mais de R$ 3 milhões.

No mês passado, os médicos chegaram a ameaçar paralisação com o mesmo motivo, mas a Prefeitura correu e pagou uma parcela do acordado.

Siga o Blog Saulo Vale no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

[feed_them_social cpt_id=37056]