politica 728x90
Fátima e Gustavo (secretário) reunidos com Galvão (diretor do Dnit) - Foto: Fábio Duarte

Governo do Estado e Dnit avançam na implantação da BR-104

Em reunião com o diretor-geral do Deparamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Fabrício Galvão, na manhã desta quarta-feira (10), em Brasília, a governadora Fátima Bezerra (PT) entregou documento autorizando a incorporação de cinco trechos de rodovias estaduais à malha rodoviária federal em mais um passo para implantação da BR-104 no Rio Grande do Norte. A rodovia terá 215 quilômetros, partindo do município de Macau e passando por Pendências, Pedro Avelino, Afonso Bezerra, Lajes, Cerro Corá, até a divisa da Paraíba na altura do município de Jaçanã.

Com 672,3 quilômetros de extensão, de Macau/RN até Maceió/AL, a rodovia foi projetada para interligar os principais polos de econômicos do Nordeste, fortalecendo o comércio e o turismo da região. No ano passado, o trecho potiguar foi incluído pelo governo do RN no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-3), juntamente com a duplicação da BR-304.

“É importante conquista para melhoria da infraestrutura rodoviária do RN. A estrada percorre a região Central, facilitando a mobilidade e integrando aqueles municípios às demais regiões do Estado”, afirmou a governadora Fátima Bezerra. Ela lembrou que este é o segundo trecho federalizado no Rio Grande do Norte. O primeiro foi o da BR-226 entre Florânia, São Vicente e Currais Novos, que já está em obras de melhorias e adequação da rodovia ao padrão BR.

Diretor geral do DNIT, Fabrício Galvão explicou que a estrada é importante eixo de integração para o RN e para o Nordeste vez que faz a ligação a centros importantes como Campina Grande, na Paraíba, e Caruaru, em Pernambuco. “Agora, com a autorização, vamos dar celeridade no trâmite às medidas para a incorporação à malha federal.”

O secretário de Estado da Infraestrutura, Gustavo Coelho, considerou a federalização da BR-104 “mais um ato importante de integração da malha viária estadual à federal melhorando as condições de trafegabilidade e segurança dentro do estado”.

Além de interligar 12 municípios potiguares que estão no trajeto de cinco rodovias estaduais – RN-118, RN-263, RN-104, RN-042 e RN-023 -, a BR-104 propiciará a conexão entre três rodovias federais: BR-226, BR-304 e BR-406.

Estudos técnicos realizados pelo DNIT foram amplamente favorável à consolidação do projeto, bem como destacaram a grande relevância econômica da ação nos trechos das rodovias estaduais que serão federalizados.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

[feed_them_social cpt_id=37056]