politica 728x90

Acuada, Prefeitura paga dívidas a prestadores de Saúde

A Prefeitura de Mossoró informa, em nota, que pagou os meses de abril e maio referentes aos serviços prestados pela Clínica de Anestesiologista de Mossoró (CAM), Núcleo de Ginecologia e Obstetrícia de Mossoró (NGO) e Neoclínica. A CAM e NGO foram pagas na última sexta-feira 02 de agosto. Já o pagamento da Neoclínica foi feito nesta terça-feira (06).

“O Município pagou à Neoclínica R$ 810.007,99. A NGO R$ 511.600 e a CAM R$ 231.800. Somando esses valores, o montante chega R$ 1.553.407,99 pago aos prestadores”, afirma a nota.

“Referente ao mês de junho, os processos para pagamento já estão encaminhados. O mês de julho da Neoclínica, CAM e NGO não pode ser considerado atrasado uma vez que ainda precisa passar por todos os trâmites burocráticos, como auditoria, processamento e outros”, complementa.

Nota do Blog: A dívida com a Neoclínica havia sido judicializada pela Junta Interventora do Hospital Maternidade Almeida Castro, devido a demora no pagamento por parte da Prefeitura. O repasse feito hoje garante que a medida judicial seja abortada. Já a CAM promete seguir com o pedido de bloqueio nas contas do Executivo municipal, para receber dívidas deste ano e de 2017, segundo informou o presidente da entidade médica, Ronaldo Fixina.

Leia mais: Hospital também pede bloqueio nas contas da Prefeitura

                 Anestesiologistas pedem bloqueio nas contas da Prefeitura

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

[feed_them_social cpt_id=37056]