politica 728x90

Vereadores do governo e da oposição se queixam de secretários de Rosalba

Vereador governista Flávio Tácito queixou-se da Secretaria Municipal de Esportes

Secretários municipais da gestão Rosalba Ciarlini foram alvos de duras críticas dos vereadores, na sessão ordinária desta terça-feira (26). A insatisfação partiu primeiramente do vereador governista Flávio Tácito e foi endossada por 16 dos 19 vereadores presentes à sessão.

Flávio Tácito narrou episódio constrangedor com o secretário municipal de Esportes, Hélito Honorato, sobre a participação de um cilista, que veio do Rio de Janeiro, para integrar a Prova Ciclística Governador Dix-sept Rosado e foi impedido. “Eu entendi que o ciclista não podia participar, porque o secretário da pasta havia me explicado que as inscrições não eram mais feitas na hora, mas somente pela internet. Fui até ele e até a família dele e expliquei que o formato das inscrições havia mudado. Mas no dia da prova, lá estava o ciclista. Ficou feio para mim, que havia intercedido pelo desportista junto a secretaria de Esportes e já tinha enviado a negativa do secretário à família”, destacou.

“Isso vem acontecendo. Já usei várias vezes a tribuna para isso. Fica minha indignação, de quem não tem medo de secretário, nem de cara feia. A população vai aos secretários e os secretários dizem que que quem tá dando emprego são os vereadores e isso é uma inverdade e com inverdade eu me revolto”, disparou.

Quem também foi motivo de crítica dos parlamentares foi o secretário municipal de Saúde, enfermeiro Benjamim Bento. “Os vereadores têm que ser recebidos, sim, na Secretaria de Saúde. Até hoje, o secretário nunca me recebeu. Fui várias vezes e não fui atendida”, queixou-se a vereadora Maria das Malhas (PSD).

Nem mesmo o líder do governo na Câmara, Alex Moacir, poupou críticas. “Minha solidariedade e apoio ao vereador Flavinho. O secretário, muitas vezes, é escolhido por uma pessoa; o vereador, por centenas. Eu tenho certeza que a prefeita Rosalba Ciarlini orienta aos secretários receberem os vereadores e darem uma resposta. Nós vamos levar esse assunto à prefeita, para que sejam tomadas providências”, afirmou.

“Se o senhor [Flávio Tácito], que é vereador, é mal atendido, imagine à população. É só lembrar que a Prefeitura mandou cortar até a planta da calçada do Palácio da Resistência, para o servidor grevista não ter sombra, durante o acampamento da greve”, discursou o líder da oposição, Genilson Alves. 

Em contrapartida, os secretários Katia Pinto (Infraestrutura) e Magali Delfino (educação) foram elogiados pelos parlamentares.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

[feed_them_social cpt_id=37056]