Vereador quer proibir fechamento de igrejas durante pandemia

Lamarque quer atividades religiosas como ‘essenciais’

Foto: Edilberto Barros

O vereador Lamarque Oliveira (PSC), membro da Igreja Assembleia de Deus, apresentou um Projeto de Lei, na sessão ordinária desta quarta-feira, 24, para classificar templos, cultos e igrejas como serviços essenciais em tempos de calamidade pública. 

A proposta tem como principal objetivo proibir o fechamento de igrejas durante o decreto de calamidade público, devido pandemia da Covid-19.

Se aprovada, a lei determinará que, de acordo com a gravidade da situação e por determinação da autoridade competente, desde que com fundamentação escrita, poderá ser limitado o número de pessoas permitidas em tais locais, nos períodos de calamidade pública. Mas fica vedado o impedimento total dos cultos religiosos.

“Claro, todo o cuidado deve ser tomado em situação de calamidade pública, entretanto as denominações religiosas em nossa cidade sempre agiram com prudência e com os cuidados necessários ao bem de toda coletividade”, reforçou.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.