Uern discute com governadora fim de lista tríplice para reitoria

Segmentos da universidade são favoráveis à mudança
Foto: arquivo
A governadora Fátima Bezerra (PT) receberá nesta semana representantes da reitoria e dos segmentos da Uern para discutir o fim da composição de lista tríplice para escolha do cargo de reitor na universidade. Os representantes da instituição buscam garantir, junto ao governo, uma lei estadual que determine a nomeação do candidato mais votado pela comunidade acadêmica, transformando a consulta atual em eleição direta.
Pela regra vigente, a governadora tem a prerrogativa de nomear para o cargo um dos três indicados pelo Conselho Universitário (Consuni), definidos após consulta à comunidade acadêmica. Historicamente, quem ocupa o primeiro lugar na preferência da comunidade tem sido nomeado para administrar a instituição, mas episódios ocorridos em instituições federais, onde a prerrogativa legal passou a ser usada para desconsiderar a nomeação do primeiro lugar, levaram representantes da instituição a discutir a necessidade de mudança no processo.
Favoráveis
A reitoria da universidade é favorável à mudança. Os segmentos também.
Em resposta a consulta formulada pelo deputado estadual, Sandro Pimentel (PSOL), sobre projeto de lei que trata do assunto, a assessoria jurídica da universidade emitiu parecer favorável, alertando que uma lei que trate sobre a mudança deve partir do Poder Executivo.
Internamente, tramita no Consuni/Uern processo que propõe alteração do estatuto da universidade para pôr fim à composição de lista tríplice para escolha dos cargos de diretor de unidade acadêmica e chefe de departamento. O estatuto, prevendo a regra, foi aprovado pelo Conselho no ano passado.
Siga-nos no Instagram.
contatosaulovale@gmail.com
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.