Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

TRF anula condenação contra Henrique Alves, que pode ser candidato

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região, com sede em Brasília, anulou a condenação contra o ex-ministro e ex-deputado Henrique Eduardo Alves (MDB), referente à Operação Sépsis, que investigou desvios no Fundo de Investimentos do FGTS.

Esse processo foi o que levou Henrique à prisão em 2017.

Na decisão, o TRF reconheceu a incompetência da 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília em julgar o caso. Henrique havia sido absolvido de crime de corrupção passiva, mas condenado por lavagem de dinheiro.

O caso agora deve ser remetido à Justiça Eleitoral.

Ou seja, vai começar do zero.

“Isso equivale a dizer que Henrique Eduardo Alves é um homem sem condenação em qualquer esfera ou grau de jurisdição. Todas as acusações lançadas contra Henrique Eduardo Alves foram julgadas improcedentes, até o presente momento, e continuarão em face de sua inocência. A defesa acredita que é o povo do Rio Grande do Norte quem poderá melhor julgá-lo, caso ele decida ser candidato nas próximas eleições”, afirmou o advogado Marcelo Leal, responsável pela defesa do emedebista.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.