Equipamento finalmente volta a funcionar - Foto: arquivo

Tomógrafo do Tarcísio Maia volta a funcionar após 80 dias

Quebrado desde o dia 11 de março deste ano, o tomógrafo do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), segundo maior hospital público do estado, voltou a funcionar nesta quinta-feira.

Um alívio para toda a região Oeste do RN.

A peça de conserto, que é uma ampola difícil de ser encontrada no mercado e que custou R$ 700 mil, chegou ontem (24) à unidade hospitalar.

Paliativo

Durante os 80 dias em que o equipamento passou parado, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) tomou medidas paliativas para continuidade do serviço, até o complexo conserto do tomógrafo.

Desde o dia 8 de abril, o serviço passou a ser realizado na Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC), através de convênio com a Sesap.

Os pacientes internados na unidade eram transferidos, em uma ambulância do Corpo de Bombeiros, para a LMECC e depois retornavam para o HRTM, na mesma viatura.

Longe de ser o ideal, era o que restava no momento para que pacientes não tivessem que ser transferidos para Natal ou Pau dos Ferros, medida que chegou a ser cogitada, e até implantada inicialmente por poucos dias, pela direção do Tarcísio Maia.

O tomógrafo do HRTM foi adquirido ainda na gestão Robinson Faria, com recursos do programa RN Sustentável.

Chegou à unidade no dia 12 de janeiro de 2017.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

Feed Them Social: TikTok Feed not loaded, please add your Access Token from the Gear Icon Tab.