Sem luz, lanterna de celular é usada em leito - Foto: web

Tarcísio Maia agoniza com 2ª queda absurda de energia em três dias

O Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró, voltou a registrar na noite desta quarta-feira mais uma queda absurda e perigosa de energia.

Por conta de um problema recorrente em suas instalações elétricas internas, a segunda maior unidade de urgência e emergência do RN ficou pouco mais de meia hora sem energia, tempo demais para um hospital daquele perfil e porte.

Nas rede sociais, servidores relataram os momentos de angústia e apreensão.

“Pelo amor de Deus, cadê a energia? Tem paciente no centro cirúrgico”, descreveu um deles, que preferiu não se identificar.

“Cirurgias estão sendo realizadas no escuto. Um caos”, disse outro.

“Ventiladores da semi-intensiva já estão acabando a bateria”, lamentava.

Após cerca de meia hora nesse alvoro e aflição, a energia foi reestabelecida.

Por pouco, o pior não ocorreu.

 

Vale lembrar que essa foi a segunda queda de energia em apenas três dias. Outra já havia sido registrada na segunda-feira (10) exatamente pelo mesmo motivo: problemas internos nas instalações elétricas e gerador sem conseguir resolver o problema.

A Neoenergia Cosern e a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) se pronunciaram em nota na noite de ontem.

  1. A Neoenergia Cosern informa que enviou uma equipe técnica ao local e constatou um defeito interno nas instalações do Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró.
    A distribuidora fez as orientações necessárias aos responsáveis pela parte elétrica interna da unidade e o fornecimento foi reestabelecido.
  2. A Secretaria de Estado da Saúde Pública e o Hospital Regional Tarcísio Maia informam que, desde o primeiro episódio de falta de energia na segunda-feira (10), ocasionado por um problema interno na rede elétrica que as equipes trabalham incansavelmente para a correção definitiva. Devido aos testes e reorganização das fiações na noite desta quarta-feira (12), houve falta de energia por um curto tempo. As equipes foram preparadas com equipamentos de substituição de ventiladores mecânicos (backups) para caso a energia faltasse, como medida de extrema segurança.É importante ressaltar que não precisou ser utilizado nenhum desses recursos, nenhum equipamento descarregou e não houve necessidade de transferência de paciente e a energia foi restabelecida.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

WhatsApp Image 2024-03-18 at 6.26.43 PM
728x90
728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

Feed Them Social: TikTok Feed not loaded, please add your Access Token from the Gear Icon Tab.