politica 728x90

STF aceita denúncia e torna Agripino Maia réu por corrupção pela 2ª vez

Senador é acusado de ter recebido propina para favorecer empresa

Foto: Crédito não identificado

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu receber a denúncia contra o senador potiguar José Agripino Maia (DEM) pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e uso de documento falso. Sendo assim, o parlamentar se torna réu por corrupção pela segunda vez no STF.

O placar foi de 3 a 2.

Agripino, presidente estadual do DEM no RN, é acusado de ter recebido propina de empresário no valor de R$ 1,150 milhão. Em troca, asseguraria contrato de inspeção veicular entre a empresa e o Governo do RN.

No entanto, é importante destacar que a decisão do STF em receber a denúncia não torna o parlamentar culpado. Caberá ao STF condenar ou absorver Agripino Maia, após a manifestação da defesa.

A ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP), atual prefeita de Mossoró, também havia sido denunciada nesse mesmo processo, mas a Segunda Turma do STF rejeitou a denúncia contra ela.

Réu pela segunda vez

O senador José Agripino Maia (DEM-RN) já é réu em outro processo no STF. Em dezembro do ano passado, a 1ª Turma recebeu a denúncia, que acusa o parlamentar de ter influenciado mudanças no parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para favorecer a empresa OAS para construção do estádio Arena das Dunas.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

[feed_them_social cpt_id=37056]