Senadores potiguares são contra privatização da Eletrobras

Jean Paul, Zenaide e Valentim: não à privatização

Foto: crédito não identificado


Os três senadores potiguares devem votar contra a Medida Provisória (MP) que permite a privatização da Eletrobras, maior empresa de geração e energia do país.

A MP tem chances de ir à votação ainda nesta quinta-feira.

Zenaide Maia (Pros) e Jean Paul Prates já haviam se posicionado contrários.

Styvenson Valentim (Podemos), que é a favor de privatização de estatais, usou ontem (16) as redes sociais para se posicionar contrário.

“Votar privatização nas escuras, sem conhecer o parecer do relator não é sensato, nem responsável. Sabendo que o relator vai apresentar o relatório durante a sessão sem tempo mínimo para conhecer o texto e um possível aperfeiçoamento é arriscado ao consumir e não parece razoável”, disse Valentim.

“É uma empresa lucrativa. Não está dando prejuízo ao povo brasileiro. O povo, que pagou a construção das hidrelétricas, exige respeito. No Brasil, é fome, mortes por Covid e escuridão. As companhias que querem investir não têm poder de encher cabeceira de rio, onde tem nossas hidrelétricas. A quem interessa a venda da Eletrobras?”, questionou Zenaide.

Líder da Minoria, Jean Paul Prates tem apontado inconsistência no processo de privatização da estatal. 

O Senador citou ainda “total incerteza” quanto ao impacto da privatização sobre as tarifas de energia. Ele alertou para o concreto risco de oligopolização do setor de energia em consequência da perda do controle da Eletrobrás pelo governo, lembrando que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica não se pronunciou sobre a questão.

“O valor do controle acionário da Eletrobrás, por exemplo, ainda não está definido — o estudo do BNDES está em curso, com prazo de conclusão em dezembro”, disse.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.