politica 728x90

Secretária busca governo para resolver paralisação absurda das eletivas

Secretária promete resolver problema das eletivas

Foto: Edilberto Barros

Há pouco mais de um mês à frente da pasta, a secretária municipal de Saúde de Mossoró, enfermeira Saudade Azevedo, tem feito contatos com o Governo do Estado para chegar a um acordo e dar fim a absurda paralisação das cirurgias eletivas no município, problema que já se avoluma por cerca de um ano.

Mais de mil pessoas estão na fila de espera, sem qualquer perspectiva de realizar o procedimento cirúrgico. Muitas vezes em situação irreversível, devido a demora. Amontoam-se no Hospital Regional Tarcísio Maia, cooperando para sua superlotação.

A secretária se queixa da falta de repasses do governo para reativar o serviço. Afirma que desde fevereiro de 2018, o Município não recebe a contrapartida do governo, uma dívida de R$ 16 milhões. Há um compromisso de cooperação técnica em que a Prefeitura custeia 40% do serviço e o governo 60%.

A Prefeitura, por muito tempo, também, diga-se, foi negligente com a questão. Agora, há uma luz no fim do túnel.

“Recebemos a visita [quinta-feira] de técnicos da Secretaria Estadual de Saúde, do secretário adjunto, Dr Petrônio Spinelli, e da coordenadora Hospitalar da Rede de Hospitais do Estado, Dra Milena, e nós estamos aguardando um posicionamento deles para que a gente possa fazer uma proposta, um cronograma de pagamento do Município. Vamos buscar acordos para voltar a realizar as cirurgias”, prometeu.

Leia mais: Paralisação das eletivas agrava situação da Saúde em Mossoró

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

[feed_them_social cpt_id=37056]