Vacina atinge novo público - Foto: arquivo

Saúde disponibiliza vacina contra HPV às vítimas de violência sexual

O Programa de Imunizações da Prefeitura de Mossoró está disponibilizando vacina contra HPV (papilomavírus humano) às pessoas vítimas de violência sexual entre 9 e 45 anos. A oferta do imunizante ao público segue uma Nota Técnica do Ministério da Saúde.

Em Mossoró, a vacina contra HPV às vítimas de violência sexual, conforme critérios estabelecidos pelo Governo Federal – é disponibilizada no Hospital Maternidade Almeida Castro e no Hospital da Mulher Parteira Maria Correia.

O Ministério da Saúde ainda explica, por meio do documento, que a violência sexual pode acometer diferentes públicos: crianças, adolescentes, homens, mulheres, pessoas idosas e pessoas com deficiência física e intelectual. Como consequências, podem surgir traumas, gravidez indesejada, ferimentos visíveis e invisíveis, além de infecções sexualmente transmissíveis.

ESQUEMA VACINAL

De acordo com Calendário Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde, pessoas de 9 a 14 anos, dos sexos feminino ou masculino, vítimas de violência sexual, deverão tomar duas doses da vacina HPV – com intervalo de seis meses entre a primeira e a segunda dose.

O público de 15 a 45 anos, dos sexos feminino ou masculino, vítimas de violência sexual, deverão tomar três doses da vacina HPV. O intervalo entre a primeira e a segunda dose deverá ser de dois meses. Já a terceira dose deverá ser administrada seis meses depois da segunda dose.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

Feed Them Social: TikTok Feed not loaded, please add your Access Token from the Gear Icon Tab.