Rosalba ignora Fátima e mantém reabertura comercial

Fátima e Rosalba divergem em decretos sobre comércio

Foto: crédito não identificado/arquivo

A prefeita mossororense Rosalba Ciarlini (PP) ignorou a decisão da governadora Fátima Bezerra (PT) de adiar a segunda fração do plano de reabertura do comércio não essencial.

No RN, estava previsto para iniciar amanhã (8), mas o governo decidiu recuar, por conta da alta ocupação de leitos para covid-19.

Em Mossoró, não. Apesar da alta ocupação, Rosalba decidiu manter a reabertura de diversos setores para amanhã (8).

“A Prefeitura de Mossoró informa que mantém inalterado o plano municipal sobre a retomada dos segmentos do comércio e serviços na cidade. Com isso, amanhã, dia 08, segue o cronograma que contempla a fração 2 de reabertura. O Município informa que a decisão tem o respaldo do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus e que os casos estão em desaceleração. A Prefeitura vai continuar monitorando a curva e volta a reavaliar o plano daqui a uma semana”, afirmou a Prefeitura em nota.

Mais cedo, a governadora Fátima Bezerra, ao anunciar o adiamento da segunda fração, que começaria amanhã em todo o RN, justificou que a medida é necessária devido à alta ocupação de leitos para covid-19, que está em 92%. Disse que só vai iniciar a segunda fração quando a taxa estiver inferior a 80%.

Veja os setores que poderão reabrir a partir de amanhã (8), por for força do decreto municipal:

LOJAS (Lojas até 600m2 e com “Porta para Rua”)

Lojas de móveis, eletrodomésticos e colchões

Lojas de departamento e magazines (que não funcionem em Shoppings ou

Centros

Comerciais);

Agências de Turismo

Lojas de brinquedos, artigos esportivos e de caça e pesca;

Instrumentos musicais e acessórios; equipamentos de áudio e vídeo e Lojas de

eletrônicos/informática e equipamentos de telefonia e comunicação; 7.

Joalherias, relojoarias, bijuterias e artesanatos

Lojas de cosméticos e perfumaria;

SERVIÇO ALIMENTAÇÃO I

Alimentação I:

Restaurantes; Lanchonetes; Food-Parks

Até 300m2

4 pessoas por mesa

2m mesa a mesa/ 1m entre pessoas

Proibido de venda e consumo de bebida alcoólica no estabelecimento;

Em tempo: O prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), também ignorou o decreto de Fátima e autorizou reabertura de mais setores do comércio já a partir desta terça-feira.

Leia mais: Fátima adia continuidade de reabertura do comércio

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.