“Reunião com governo foi frustrante”, critica sindicalista

Presidente da Aduern avalia reunião com governo

Foto: BSV

Frustrante.

Foi assim que a presidente da Associação dos Docentes da UERN (Aduern), Patrícia Barra, definiu a reunião da equipe econômica do Governo do Estado com o Fórum dos Servidores (sindicatos), ocorrida na quarta-feira passada (15).

“Não há outra palavra. Foi frustrante. O Governo prometeu anunciar nesta reunião o calendário anual dos salários de 2020, uma previsão para pagamentos dos atrasados e o texto final da reforma da Previdência, o que não aconteceu. Foi constrangedor, principalmente para a gente, que se descolou de Mossoró a Natal, chegar numa reunião e ouvir que não havia definição para os pontos anunciados”, criticou, em entrevista ao Jornal da Tarde (Rádio Rural de Mossoró) desta quinta-feira (16).

Reforma da Previdência

Durante o encontro, a equipe do governo marcou uma outra reunião para o próximo dia 22 deste mês, em que deve anunciar o calendário anual de pagamento, além do texto conclusivo da reforma previdenciária.

“O governo rejeitou sugestões dos sindicatos, como a da Aduern, que reivindica deixar essa discussão de reforma da Previdência para depois, quando os salários forem quitados”, afirmou.

Na reunião, o governo prometeu quitar a folha salarial atrasada novembro de 2018 no dia 15 de fevereiro.

Leia mais: Governo informa prazo para pagar atrasados de novembro de 2018

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.