Reitora comemora proposta aprovada na Fuern - Foto: reprodução

Reserva de vagas de 50% para mulheres em cargos de gestão coloca Uern em evidência entre universidades brasileiras

A Uern torna-se uma das pouquíssimas universidades brasileiras a institucionalizar a reserva de vagas nos cargos de gestão central, de no mínimo 50%, para mulheres.

A proposição, defendida pela reitora Cicília Maia, foi analisada na última terça-feira e aprovada pelo Conselho Diretor da Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (CD/FUERN), mantenedora da Uern.

Pela proposta encaminhada ao Conselho pela reitora Cicília Maia, fica instituído que, a partir de agora, no mínimo 50% dos cargos de chefe e sub-chefe de gabinete, pró-reitorias titulares e adjuntas, e diretorias e assessorias vinculadas diretamente à reitoria, devem ser ocupadas por professores ou técnicas administrativas.

Hoje, das 7 pró-reitorias da universidade, 5 têm mulheres como titulares.

“Acreditamos que o trabalho pela equidade de gênero nos cargos de comando das repartições públicas e privadas é uma pauta que deve ser colocada constantemente no debate público, entendendo que isso fomenta uma sociedade melhor e mais justa. Desde a campanha assumimos esse compromisso, inclusive adotando essa prática na formação de nossa equipe, e ficamos felizes de aprovar essa resolução, no Conselho Diretor, fazendo isso valer para o futuro da nossa instituição”, comentou a reitora.

Cicília Maia é a terceira mulher a chegar ao comando da Uern.

A garantia da equidade de gênero é um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) previsto na Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.