politica 728x90
Reitora acompanha agenda do ministro - Fotomontagem: BSV

Reitora diz a ministro que vai reverter cassação de título; ele silencia

A reitora da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), Ludimilla de Oliveira, esteve na agenda que o ministro da Educação, Camilo Santana, cumpriu nesta segunda-feira, em Natal.

No momento em que o ministro estava com reitores do RN e políticos, Ludimilla fez sua fala e lembrou da cassação de seu título de doutorado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), ocorrida em junho deste ano, sob a acusação de plágio.

Entre os presentes, o diretor da UFRN, Daniel Diniz, que assinou a cassação do título dela e ouviu o seu depoimento.

Ludimilla disse que não poderia deixar de falar sobre o assunto e que acredita que a segunda instância da Justiça Federal vai reverter a sua situação.

Da parte dos presentes, incluindo do ministro, ouviu silêncio como resposta.

Cerimonial

A reitora evitou ainda ir ao cerimonial, que inclusive havia sido convidada. Esse momento ocorreu após a reunião fechada do ministro Camilo Santana com os reitores e representantes da classe política.

A negativa de Ludimilla em participar do momento do cerimonial tem uma razão.

Boa parte do PT do RN, inclusive os parlamentares presentes na mesma mesa que Ludimilla na reunião com reitores, comemorou a decisão do Conselho Universitário (Consuni) de pedir ao ministro a sua destituição da Ufersa, medida posteriormente suspensa pela Justiça.

Ela é ojerizada pelo petismo local desde que buscou e conseguiu ser nomeada pelo então presidente Jair Bolsonaro (PL), em agosto de 2020, mesmo tendo sido a terceira colocada na Lista Tríplice à Reitoria da Ufersa, quebrando uma tradição de décadas de garantir a nomeação do mais bem votado.

Ainda durante o cerimonial desta segunda-feira, ao ser citada, parte da plateia ensaiou vaias a Ludimilla e outros aplaudiram, mas logo as poucas manifestações, tanto pró quanto contra, cessaram ao notar a sua ausência no dispositivo.

Ludimilla tenta reverter a anulação de seu título de doutorado pela UFRN no Tribunal Regional Federal da 5ª Região, com sede em Recife.

Sem esse título, a sua situação frente à Ufersa fica insustentável, uma vez que só pode ser e continuar reitor quem tem doutorado.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Banner_Sicoob_Saulo_728x90
728x90 (3)
728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

Banner_Sicoob_Saulo_400x400
[feed_them_social cpt_id=37056]