Ludimilla de Oliveira - reitora da Ufersa - Foto: José Aldenir

Quando o jornalismo incomoda e ‘cai no ridículo’

A reitora da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa) Ludimilla de Oliveira fez um post neste domingo (14) me acusando de ‘cair no ridículo’, em resposta à reportagem “Inconformada com 2° lugar, reitora diz que vai levar eleição da Ufersa à Polícia Federal”, publicada neste espaço.

A reportagem tem como base ofício assinado pela reitora, endereçado ao Conselho Universitário (Consuni), dando conhecimento sobre denúncias de irregularidades na consulta informal para a reitoria da instituição. Entre as medidas anunciadas por Ludimilla, está o envio das denúncias para investigação pela PF.

O estranhamento que apontamos na reportagem é o mesmo de grande parte da comunidade acadêmica, ao ver a reitora e candidata que ficou em segundo lugar na consulta decidir em um processo em que ela é parte interessada, sem acionar o pleno do Consuni para deliberar sobre a questão.

Destaque-se que, provocada das respostas sobre as denúncias, a Superintendência de Tecnologia, Informação e Comunicação (Sutic) da Ufersa emitiu parecer atestando que:

1) Não há como afirmar que houve o voto sugerido na manifestação;

2) Não há registro dos alegados relatórios afirmados na manifestação;

3) A matrícula realizada de forma atípica não impactou o resultado final da Consulta;

4) O sistema pode ser auditado a qualquer momento, por qualquer pessoa.

Assim, estranha que a reitora e candidata que ficou em segundo lugar na consulta tenha decidido sozinha por uma apuração externa – sem a anuência de integrantes do Consuni ou da Comissão Eleitoral – e mesmo após apuração realizada pelo Sutic.

Com um histórico de turbulências políticas oriundas da forma como a escolha da reitora ocorreu, a comunidade acadêmica aguarda dias tranquilos.

Em nosso papel de jornalista estaremos noticiando sempre que houver fatos de interesse público a serem noticiados, sejam eles incômodos ou não.

O compromisso do jornalismo é com a verdade e o público. Por ele continuaremos firmes nessa lida.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

Feed Them Social: TikTok Feed not loaded, please add your Access Token from the Gear Icon Tab.