politica 728x90
Categoria volta a se reunir em assembleia - Foto: rede social

Professores do Estado dão ultimato ao governo Fátima

Em assembleia do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte), realizada nesta segunda-feira, na Escola Winston Churchill, em Natal, professores da rede estadual de ensino deram um ultimato ao governo Fátima (PT) em relação ao reajuste do piso do magistério.

A categoria aprovou um indicativo de greve para a próxima sexta-feira (3).

Caso o governo não apresente, até lá, uma nova proposta para o reajuste de 14,95%, o professorado volta a se reunir dia 3 e deflagra a paralisação.

A última proposta, apresentada pelo governo e rejeitada novamente na assembleia de hoje, foi a seguinte:

O governo quitaria a primeira parcela do reajuste, no valor de 5,79%, em maio;

A segunda e última parcela, de 8,66%, seria quitada somente em dezembro;

O retroativo de 2023 só começaria a ser pago em maio de 2024.

Siga-nos no Instagram.

contatsoaulovale@gmail.com

Banner_Sicoob_Saulo_728x90
728x90 (3)
728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

Banner_Sicoob_Saulo_400x400
[feed_them_social cpt_id=37056]