Lidiane Marques cancela carnaval - Foto: reprodução

Prefeitura de Tibau cancela carnaval temendo quarta onda

A prefeita de Tibau Lidiane Marques (PSDB) anunciou nesta sexta-feira, 26, durante reunião com os secretários, que a gestão municipal não vai realizar carnaval em 2022.

Ela explicou que um dos maiores motivos para tomar a decisão foi diante do anúncio pela Organização Mundial de Saúde (OMS), da existência de uma nova variante da Covid-19, dando ênfase sobre a chamada quarta onda da doença.

“Não podemos relaxar no controle, e entendo que a mobilização em torno do carnaval está preocupando todos os gestores porque é uma ocasião altamente propícia para o aumento de casos. Não devemos relaxar”, disse a prefeita Lidiane.

Ainda segundo a prefeita de Tibau, não se deve perder de vista que tudo veio à tona logo após o carnaval de 2019. “Perdemos familiares, perdemos amigos, perdemos vizinhos, perdemos conhecidos. Não vamos vacilar, vamos valorizar a vida, nosso bem maior”, recomendou.

Em relação às festas particulares que são realizadas no município, a prefeita antecipou que vai se reunir com os promotores de eventos e cobrar deles o cumprimento de ações que possam garantir a segurança e a saúde dos moradores de Tibau e dos turistas.

Dessa forma, nesse momento em que se anuncia uma nova onda do vírus, não é justificável eventos que aglomerem, como também “não podemos proibir que uma pessoa participe, até porque é uma escolha pessoal mesmo sabendo das consequências que pode sofrer”, alertou a prefeita de Tibau.

Todavia, Lidiane disse ainda que a gestão municipal vai cobrar dos promotores de eventos o cumprimento de ações para evitar a disseminação da Covid-19.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.