politica 728x90

Posse é marcada por ausências, emoções e protestos

Izabel fez juramento de posse; insatisfeitos boicotam

Foto: Edilberto Barros

Foi sob forte tensão que a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Mossoró tomou posse na manhã desta quinta-feira (3). A presidente Izabel Montenegro (MDB) foi reconduzida ao cargo para o biênio 2019-2020.

Só três componentes da Mesa Diretora estiveram presentes: A própria Izabel, além do vereador Flávio Tácito (PPL), 1º vice-presidente, e de Manoel Bezerra (PRTB), 4º secretário.

No plenário, ausência de 11 vereadores. Até mesmo componentes da nova Mesa Diretora faltaram à sessão: Alex do Frango (PMB), 2º vice-presidente, Aline Couto, 1ª secretária, Ozaniel Mesquita (PR), 2º secretário, e Genilson Alves (PMN), 3º secretário, boicotaram à própria posse.

A ausência dos 11 é fruto da não liberação da Verba de Gabinete. Mesmo aprovada, Izabel afirma que só vai liberar com aval do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que recomendou a suspensão do benefício em 2016. Seis tentaram suspender a posse de Izabel na Justiça, mas o Judiciário declinou de julgar o caso em caráter de urgência. O mérito será julgado no próximo dia 7. Entenda AQUI.

Padre Sátiro rouba a cena

O padre Sátiro Cavalcanti Dantas foi aplaudido ao pedir à prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP), presente na solenidade, que envie um projeto ao Legislativo que autorize a isenção do pagamento do IPTU para professores aposentados. Ele pediu mais “atenção aos professores e à educação”. Emocionou a todos.

Vaias e protestos


Já a prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini (PP) foi alvo de fortes protestos durante a sua chegada ao dispositivo. Um grupo de estagiários se mobilizou com faixas, cartazes, vaias e gritos de guerra. Ela não discursou.

Ele protestavam contra a demissão de mais de 600 estagiários, anunciada pela Prefeitura, como medida de corte de gastos. É o início de uma série de cortes no Palácio da Resistência, sede do governo municipal. Vem mais.

Na saída, Rosalba teve o carro cercado pelos manifestantes. Assessores, segurança e até mesmo o vereador governista Ricardo de Dodoca (Pros) escoltaram-na. A prefeita saiu sem se reunir com os estagiários, como eles reivindicavam.

A presidente Izabel ainda se reuniu com os manifestantes e prometeu intermediar o diálogo com o Executivo.

Prefeita Rosalba sai escoltada, devido protestos de estagiários 

Vídeo: WhatsApp

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

[feed_them_social cpt_id=37056]