PMM e Governo descumprem prazos e tensionam Saúde na região

O momento é de tensão na saúde pública de Mossoró.

Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) lotadas, leitos do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) também e um esforço gigante para tentar abrir ainda hoje leitos no Hospital São Luiz.

Tudo poderia ter sido amenizado se a Prefeitura de Mossoró e o Governo do RN tivessem cumprido os prazos para entrega de leitos.

A unidade de campanha, que já deveria estar em funcionamento na UPA do BH, antes da abertura do Hospital São Luiz, ainda não está, até o início da tarde desta sexta-feira. 

Falta gasiometria, para abrir o serviço, na unidade que deve ser a porta de entrada para pacientes com covid. Há uma correria para que essa unidade seja aberta ainda hoje.

Por conta disso, pacientes com covid que têm perfil para atendimento na unidade de campanha terão que ser transferidos ainda hoje para o São Luiz.

Já os outros 10 leitos de UTI, que deveriam ter sido entregues pelo Governo do Estado no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), seguem sem previsão de abertura. Faltam profissionais para atuar no setor.

Compromissos descumpridos do Governo do Estado e da Prefeitura de Mossoró que levam a esse cenário de tensão nesta sexta-feira.

Vale lembrar ainda duas coisas: o São Luiz, que deve receber pacientes nas próximas horas, graças ao esforço da Apamim, que vai gerir o hospital, não é porta de entrada.

Detalhe, o São Luiz não será gerido pelo Governo do RN nem pela Prefeitura de Mossoró – ufa.

Estará sob administração da Apamim e supervisão da Justiça Federal e Ministérios Públicos.

Estado e PMM entraram com repasses, como prevê o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). 

Como PMM e Estado não fizeram o dever de casa, fica essa tensão e correria, enquanto vidas aguardam por atendimento.

Santa paciência.

contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.