Novo decreto proíbe abertura de salões, barbearias e armarinhos no RN

O Governo do RN retirou os salões de beleza, barbearias e armarinhos de serviços essenciais. Sendo assim, esses estabelecimentos não podem funcionar de amanhã (5) até o dia 16 de junho, data que termina a vigência dessas normas.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira pelo secretário estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier. Um novo decreto deve ser publicado ainda hoje, com essas e outras medidas mais rígidas de isolamento social.

O RN tem uma das piores taxas de isolamento do Nordeste, 40%, enquanto que a ideal, segundo as autoridades sanitárias, é de 70%. Os leitos para covid-19 estão todos ocupados em Natal, Mossoró e Pau dos Ferros.

O estado registra 378 mortes por coronavírus e 9,2 mil pessoas infectadas.

Confira trecho da coletiva que fala sobre a retirada dos estabelecimentos de serviços essenciais:

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.