Foto: reprodução

MDB de Mossoró não articula nominata e tende a ser esvaziado

Do Blog Carol Ribeiro

Um dos maiores partidos do estado ainda não começou a formar nominata no segundo maior colégio eleitoral do RN.

O partido elegeu 38 prefeitos e 321 vereadores em 2020. Na Câmara de Mossoró, tem hoje a maior bancada. Mas para 2024, pouco, ou quase nada, tem sido feito para estruturação partidária.

A começar, no mês de março, quando abre o período de janela partidária pelo TSE, os vereadores Lucas das Malhas e Costinha devem migrar para o União Brasil, partido da base do prefeito Allyson Bezerra (União). Carmem Júlia não deverá tentar reeleição.

Já o presidente do partido, o vereador Isaac da Casca, pode pular a janela, embora não queira. Ele é primeiro suplente de deputado pelo MDB e nutre a esperança de ocupar cadeira na Assembleia Legislativa. Já chegou até a colocar o nome da sua mãe, Heliane Duarte, como pré-candidata ao parlamento municipal nas redes sociais.

Acontece que espera aceno de Walter Alves, presidente do MDB no estado, sobre formação de nominata para a Câmara Municipal. O vice-governador tem priorizado conversas em outros municípios e parece querer mudanças em Mossoró.

Se nada der certo no MDB, Isaac poderá seguir para o Republicanos, partido do prefeito de Natal, com quem tem relações políticas.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

Feed Them Social: TikTok Feed not loaded, please add your Access Token from the Gear Icon Tab.