politica 728x90

Justiça nega pedido de suspensão de greve na Educação e convoca audiência

Justiça convoca Sinte e Governo à audiência

Foto: Lenilton Lima

O Tribunal de Justiça do RN negou o pedido do Governo do Estado para suspender a greve dos professores da rede estadual de ensino, iniciada no dia 23 de março.

Na decisão do desembargador Glauber Rêgo, representantes do governo estadual e do sindicato da categoria, o Sinte, devem comparecer a uma audiência de conciliação, marcada para o próximo dia 11, às 15h.

O governo havia ingressado com uma ação pedindo o reconhecimento da ilegalidade da greve da categoria e o retorno imediato dos professores à sala de aula, por considerar que “não há fundamentação para a greve”.

A categoria reivindica o reajuste do piso do magistério de acordo com o percentual dado pelo MEC, 6,81%, retroativo a janeiro deste ano. O governo alega não ter condições financeiras para implantar o reajuste e propôs o parcelamento em até cinco vezes, sem pagar o retroativo.

Siga o Blog Saulo Vale no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

[feed_them_social cpt_id=37056]