Izabel busca alternativas para viabilizar reeleição

Dirigente do MDB admite dificuldades
Foto: BSV

A presidente da Câmara Municipal de Mossoró e dirigente local do MDB, Izabel Montenegro, expôs a dificuldade da legenda em formar nominata às eleições municipais deste ano, o que dificulta seu projeto de reeleição.
Em entrevista ao Enfoque Político (Super Tv) da sexta-feira passada (28), a parlamentar admitiu trabalhar com três possibilidades quando se fala em candidatura sua à reeleição. 
” O plano A é formar nominata competitiva no MDB, que possibilite ao partido a eleição de mais de um vereador. Já o plano B seria, em não conseguindo a nominata, tentar um chapão de partidos ou mesmo receber [o MDB] a filiação de outro vereador. O terceiro seria é não sermos candidata, se não tivermos condições de estar numa disputa competitiva, já que essa eleição será uma espécie de laboratório, devido ao fim das coligações”, admitiu.
Janela partidária
Durante a entrevista, Izabel ainda confirmou a saída do vereador Alex Moacir da legenda, o que deve acontecer no período de janela partidária, que vai de 5 de março a 3 de abril.
Nota do Blog: A situação do MDB não é isolada. Vários partidos tradicionais passam pela mesma dificuldade. Na base do governo, muitos, sem outras alternativas, migrarão para um chapão, num salve-se quem puder.
Siga-nos no Instagram.
contatosaulovale@gmail.com
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.