Ministro em entrevista à Rádio Rural de Mossoró - Foto: reprodução

Fábio diz que é adversário de Rosalba e admite aproximação com Allyson

Em entrevista ao Jornal da Tarde, da Rádio Rural de Mossoró, o ministro das Comunicações Fábio Faria (PSD) afirmou que a migração dele para o PP não significa aliança política com o grupo da ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Pelo contrário.

Fábio diz que deve se manter como adversário de Rosalba.Ele admitiu aproximação política com o prefeito mossoroense Allyson Bezerra (Solidariedade), abrindo as portas de ministérios em Brasília, em entrevista ao Jornal da Tarde (Rádio Rural de Mossoró) nesta terça-feira (30).

“Rosalba sempre foi nossa adversária. Teve uma eleição [em 2010, ao governo estadual] em que ela esteve com meu pai [Robinson Faria], mas a aliança só durou seis meses [que na verdade durou cerca de 11 meses]. A minha relação de parceria política é com o prefeito Allyson, que tem quase 80% de aprovação. Apesar de Beto e Rosalba fazerem parte do PP, não tenho qualquer relação política com eles. Minha aliança, repito, é com Allyson”, disse.

Fábio Faria deve cumprir agenda política com Allyson Bezerra nesta quinta-feira (20), em Mossoró.

Ele é pré-candidato ao Senado da República e deve se filiar ao PP no início de março, durante a janela partidária.

O Canal BCS – Blog Carlos Santos informou hoje (veja AQUI) que o grupo da ex-prefeita Rosalba Ciarlini estuda sair do Progressistas, hoje comandando pelo deputado federal Beto Rosado.

“A grande aposta é ir para outra legenda onde seja montado chapão para Rosalba se eleger à Assembleia Legislativa e o atual deputado federal Beto Rosado consiga a reeleição”, escreveu Carlos Santos.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.