Estado e Município acumulam dívida absurda com o câncer e põem vidas em risco

Ozaniel Mesquita cobra repasses para o câncer

Foto: Edilberto Barros

O Governo do RN e a Prefeitura de Mossoró acumulam dívida milionária com a Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC).

A denúncia foi feita na sessão ordinária da Câmara de Mossoró desta terça-feira pelo vereador oposicionista Ozaniel Mesquita (DEM), que recentemente esteve reunido com a direção da unidade.

O parlamentar mostrou documentos que apontam dívida superior a R$ 17 milhões, acumuladas desde 2018, sendo quase R$ 9,5 milhões por parte do Governo do Estado e quase R$ 7,4 milhões por parte da Prefeitura.

“Chamamos atenção para esse débito milionário com o câncer, que pode afetar a continuidade dos serviços. São dívidas de 2018, 2019 e 2020. Precisam ser negociadas”, alertou Ozaniel.

A Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer é filantrópica. Atende pacientes com câncer de mais de 60 municípios, com serviços de pediatria, quimioterapia, radioterapia, dentre outros.

A maior parte das receitas vêm de repasses das prefeituras, com destaque para Mossoró, e do Governo do RN.

Siga-nos no Instagram.

cntatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.