Ludimila de Oliveira tem derrota em votação do Consuni - Foto: reprodução

Conselho aprova destituição de reitora; palavra final é do MEC

O Conselho Universitário (Consuni) da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa) aprovou na noite desta segunda-feira, com 19 votos favoráveis, três abstenções e nenhum contra, o parecer que recomenda a destituição da reitora Ludimilla Serafim Carvalho de Oliveira.

O documento será encaminhado a ministro Camilo Santana, da Educação, a quem cabe a palavra final.

Se ele aceitar, então o professor doutor mais antigo da Ufersa assume a reitoria interinamente e convoca, num prazo de 60 dias, novas eleições para reitor e vice-reitor.

Ludimilla foi alvo de processo de destituição no Consuni, após seu titulo de doutorado ter sido anulado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que aceitou uma denúncia, feita em 2020, sobre plágio em 44% de sua tese.

Ela recorreu às esferas administrativas da UFRN, mas perdeu em todas. No Judiciário, perdeu na primeira instância e disse recorrer à segunda.

Como na Ufersa só pode ser e reitor quem tem doutorado, o conselho entendeu que ela não pode continuar à frente da instituição.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

Feed Them Social: TikTok Feed not loaded, please add your Access Token from the Gear Icon Tab.