Deputados potiguares estavam presentes na sessão - Fotomontagem: reprodução

Como votou o RN na prisão do acusado de mandar matar Marielle

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, por 277 votos a 129 e oito abstenções, a manutenção da prisão do deputado Chiquinho Brazão (sem partido), apontado como um dos mandantes do assassinato da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL) e de seu motorista Anderson Gomes.

Aqui no Rio Grande do Norte, votaram a favor de manter o parlamentar no xilindró: Benes Leocádio (União Brasil), Fernando Mineiro (PT), Natália Bonavides (PT) e Robinson Faria (PL). Este último divergiu da orientação de seu partido, onde quase todos votaram a favor.

Votaram pela soltura os bolsonaristas Generão Girão (PL), Sargento Gonçalves (PL) e Paulinho Freire (União Brasil).

O deputado João Maia (Progressistas) se absteve.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

Feed Them Social: TikTok Feed not loaded, please add your Access Token from the Gear Icon Tab.