Comitê científico recomenda vacinação de profissionais de Educação Física

Profissionais devem ser incluídos nas prioridades
Foto: reprodução/Vitória Pillar



Do Blog Larissa Maciel


O último decreto, considerado mais rígido pelo momento de superlotação dos leitos clínicos e de UTI devido a COVID, afetou o funcionamento das academias e gerou a insatisfação dos profissionais, que pedem o devido reconhecimento a atuação ligada à saúde.


As atuais medidas se encerram no dia 2 de abril e, com isso, o comitê científico do Estado já recomendou novas ações. Entre elas, a retomada gradual de algumas atividades e a vacinação dos educadores físicos, ou profissionais de educação física, por serem da saúde, devendo ser incluídos na lista de fases prioritárias.


A exposição nas academias e no contato direto com os alunos também foi um dos argumentos para o pedido de inclusão na vacinação.


Siga-nos no Instagram.


contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.