Com riscos de suspender primeira dose, Mossoró pede pressa a Sesap

O município de Mossoró corre o risco de suspender, de novo, a aplicação da primeira dose de vacina contra Covid-19.

A informação é do coordenador do setor de Imunização, Etevaldo Lima.

“Temos poucas vacinas para primeira dose e uma grande procura. Nós entramos em contato com a Sesap [Secretaria de Estado da Saúde Pública], para enviar imediatamente ao município as doses que chegaram ao estado no domingo passado (20). A cota de Mossoró ainda não chegou”, explica.

No domingo passado, o estado recebeu 112 mil imunizantes AstraZeneca. Entretanto, a distribuição aos municípios ainda não começou.

“Sabemos que boa parte desse lote é para segunda dose, mas alguma quantidade será para primeira dose, o que pode garantir à continuidade da campanha de vacinação. A nota técnica da Sesap trará orientações sobre isso”, complementou.

Segundo números do RN Mais Vacina desta terça-feira, 103.243 pessoas receberam a primeira dose em Mossoró. Outras 39.263 receberam as duas doses.

O município recebeu um total de 144.824 doses.

A Secretaria de Estado da Saúde Pública enviou nota sobre esse assunto.

A Sesap esclarece que as 112 mil doses do imunizante Astrazeneca-Fiocruz que chegaram no domingo (19) são destinadas à segunda dose. É importante ressaltar que as doses serão distribuídas em tempo oportuno para garantir a vacinação da população e que nenhum município utilize este quantitativo como d1, como já aconteceu e prejudicou a população. A logística de distribuição foi pactuada com os municípios através da Câmara Técnica de Vacinas.

A secretaria trabalha no intuito de garantir que todas as pessoas tenham acesso à vacina e aguarda a chegada de doses durante a semana, enviadas pelo Ministério da Saúde para a continuidade da vacinação.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.