politica 728x90
Presidentes da CNT e Petrobras - Foto: arquivo

CNT assina contrato para estudo de viabilidade do projeto Porto Potengi

A Confederação Nacional dos Transportes (CNT) assinou o contrato para o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) do projeto ‘Porto Potengi’, novo complexo portuário na margem esquerda do rio Potengi.

A proposta de construção do novo porto foi gestada no mandato do ex-senador e agora presidente da Petrobras, Jean Paul Prates.

O contrato foi assinado pelo presidente da CNT, Vander Costa, no dia 18 de janeiro deste ano. O estudo deverá durar pelo menos seis meses ao custo estimado de R$ 2 milhões.

Em breve a empresa contratada pela CNT estará em Natal para realizar pesquisas, entrevistas e visitas às entidades do setor produtivo, órgãos ambientais, empresas e também ao Porto de Natal, dirigido pela Codern (Companhia Docas do Rio Grande do Norte).

Novo projeto

O novo projeto portuário é tratado como expansão do Porto de Natal, que enfrenta dificuldades de operação e corre o risco de cair em desuso.

“O estudo de viabilidade do Porto Potengi é fundamental para que o Porto de Natal não fique a ver navios”, comentou Jean Paul Prates, idealizador da proposta.

O complexo portuário Porto Potengi prevê a recuperação do mangue do estuário, que está em boa parte já degradado; a recuperação do bairro da Ribeira; a construção de uma terceira ponte sobre o rio Potengi, e a concretização de uma conexão direta, por ramal ferroviário, entre o Porto, o Aeroporto (hub de cargas) e a Zona de Processamento de Exportações – ZPE.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

728x90
WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.

[feed_them_social cpt_id=37056]