Associação vai ao Ministério Público por falta de insulinas

Insumos para diabéticos faltam constantemente

Foto: PMM

A Associação Doces Guerreiros de Mossoró e Região, grupo voltado para o acolhimento e educação em diabetes, vai provocar o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP/RN), para que alguma providência seja tomada quanto à falta constante das insulinas especiais Tresiba e Novorapid.

“Nós vamos permanecer na corrente de solidariedade, de cooperar uns aos outros, com cotas e bazar, para ajudar aos mais necessitados na compra dessas insulinas. Enquanto associação, vamos provocar o Ministério Público, que ainda não se pronunciou sobre o assunto”, afirmou Ana Cristina, coordenadora do grupo.

A provocação ao MP por parte dos usuários deve acontecer já na próxima quinta-feira (13).

Falta constante

A falta das insulinas Tresiba e Novorapid tem sido constante na Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró. Após mais de 20 dias em falta, os dois insumos voltaram a ser distribuídos no sábado passado (8), mas acabaram em menos de 48 horas.

Em nota, a Secretaria de Saúde informou ontem (10) que “houve um aumento da prescrição de doses dos usuários”. E orientou até os pacientes a procurarem à II Unidade Regional de Saúde Pública (II URSAP), que fornece a Novorapid, mas não a Tresiba.

A pasta disse ainda que “está providenciando um novo lote”.

Leia mais: Em menos de 48, acaba o outro tipo de insulina especial

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.