Albem precisa de doações para ampliar serviços Foto: reprodução

Albergue de Mossoró precisa de doações para ampliar serviços

O Albergue de Mossoró (Albem) iniciou uma nova campanha para arrecadar recursos para manutenção e ampliação dos serviços. O objetivo é atrair sócios, de maneira voluntária.

A unidade hospeda acompanhantes de pessoas internadas em hospitais conveniados ao SUS no município.

Fundada em 2016, sem ajuda governamental, a unidade já atendeu mais de 3.000 pessoas de 113 cidades do RN e de 18 estados brasileiros.

No local, as pessoas são acolhidas com atendimento humanizado, hospedagem, café da manhã, almoço e janta, de forma gratuita. Além disso, há palavra de conforto diariamente, através de parcerias com entidades religiosas. O albergado fica todo o tempo em que o familiar estiver internado.

O acesso ao serviço ocorre somente pelo serviço social de hospitais parceiros.

O Albergue de Mossoró funciona de maneira filantrópica, 24 horas por dia. É mantido basicamente com doações de voluntários, que representa cerca de 80% de sua receita.

É o único albergue da região a realizar esse serviço de maneira gratuita.

“Todas as pessoas que atuam aqui são de maneira voluntária. Fazemos um trabalho com amor e dedicação, tendo como principal atendimento as pessoas carentes, que acompanham pacientes em hospitais e que não têm onde comer ou se hospedar durante a internação de seu ente querido. Os custos para manutenção de toda essa estrutura são muitos. Por isso, pedimos a ajuda e colaboração de todos, para essa corrente do bem”, afirma o diretor do Albem, Edson Oliveira.

Para doar, a partir de R$ 9,99, a pessoa pode transferir pelo PIX: (CNPJ) 12.703.179/0001-22.

O telefone para contato do Albem, que também é Whatssap, é o (84) 3062-3155.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.