Ação que condenou Robinson não atinge Tião

A ação que condenou o ex-governador Robinson Faria (PSD) à inelegibilidade não afetou o empresário mossoroense Tião Couto (PL), que foi candidato a vice-governador na chapa de Robinson em 2018.

Foram condenados apenas ex-agentes públicos da administração estadual. Robinson e mais cinco.

Tião não era agente público e não fazia parte do governo, quando a ação apontou abuso de poder econômico e político.

Robinson foi acusado pelo Ministério Público Eleitoral de prática sistemática de uso de recursos públicos para promoção pessoal enquanto governador do RN.

O TRE o condenou por 4 x 3, impondo-lhe a inelegibilidade por anos anos.

Ainda cabe recurso.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.