Foto: Edilberto Barros

Raério causa polêmica ao dizer que vereadora “pode latir”

O vereador governista Raério Araújo (PSD) causou polêmica na sessão ordinária da Câmara de Mossoró nesta quarta-feira.

Ao defender o prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) de críticas da vereadora oposicionista Marleide Cunha (PT), sobre episódio da gravação de um vídeo durante realização de uma cirurgia ginecológica, o parlamentar afirmou que a petista pode “latir” que ele não tem medo.

Na ocasião, Raério criticava o Governo do Estado, de quem Marleide é aliada.

“Eu também não tenho medo de ninguém, principalmente da senhora [Marleide]. Pode gritar, latir, dizer o que quiser. Tô aqui dizendo a verdade. Mande ir lá no Tarcísio Maia, para ver como tá aquilo dali. Cadê o respeito com essas pessoas que estão morrendo lá? Eu não tenho medo de ninguém. Nem de PT, nem de azul. Eu tô aqui para representar o povo”, disse o vereador.

A parlamentar rebateu e alfinetou Raério.

“Eu não lato porque eu sou gente. Gente que pensa, gente que argumenta, gente que concorda, gente que discorda, gente que tem a liberdade de fazer tudo isso, coisa que muitos não têm”, disse a petista.

As falas de Raério viralizaram nas redes sociais.

Marleide Cunha recebeu notas de solidariedade de entidades e políticos, como o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum) e a vereadora natalense Brisa (PT).

Raério Araújo emitiu nota sobre o assunto:

Caríssimos (as)

É de conhecimento de toda sociedade mossoroense que fui, sou e sempre serei um nato fiscalizador do serviço público.

Missão esta reconhecida por toda sociedade, estando atualmente no meu segundo mandato como vereador na cidade de Mossoró/RN.

No dia de hoje, em mais um embate político, onde sempre saindo em defesa desta terra, utilizei da tribuna na Câmara Municipal de Mossoró para cobrar dos representantes do Governo Estadual o regular funcionamento das cirurgias eletivas em favor das nossas aguerridas mulheres.

Acontece, que a respectiva discussão, que sempre teve como o meu intuito maior a cobrança da efetividade do serviço, foi recebida e veiculada de forma totalmente maquiada e maquiavélica.

Primeiramente, quero dizer que sou representante dos interesses sociais da nossa cidade e por este motivo cumpro meu papel fiscalizador.

Quem me conhece sabe meu caráter como homem, esposo e pai de quatro filhas, que tanto valoriza a figura da mulher.

Os materiais que estão sendo divulgados em meu nome fogem totalmente do contexto fático existente naquele momento.

A forma calorosa da discussão e pela verdadeira pessoa que sou, posso ter me referido ou utilizado termos que soam de forma dúbia.

Assim sendo, quero deixar claro que em nenhum momento utilizei da Tribuna para intimidar ninguém e tampouco com caráter discriminatório. 

Desta forma, volto a dizer que nenhum jogo político opositor conseguirá macular o verdadeiro Raério Cabeção que tanto trabalha e trabalhará por nossa Mossoró.

Siga-nos no Instagram.

contatosaulovale@gmail.com

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook

Saulo Vale

É formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela UERN. Apresentador do Jornal da Tarde, Rádio Rural de Mossoró, e do Enfoque Político, Super TV. É também correspondente de política das rádios da capital e do interior, como 97 FM de Natal, 91 FM de Natal e Rádio Cabugi do Seridó.